terça-feira, 23 de abril de 2013

ATIVIDADE FINAL - COMPETÊNCIAS BÁSICAS

ATIVIDADE FINAL DO MÓDULO DE COMPETÊNCIAS BÁSICAS
ALUNAS:
A atual política governamental no que se refere à educação como um todo, pouco tem ajudado de fato e de direito para solucionar alguns dos muitos problemas enfrentados pela educação. As ações colocadas em prática pelos governantes não priorizam o setor educacional que é deficiente, sendo este um dos seguimentos prioritários em qualquer sociedade e forma de governo.
            O FNDE é um importante programa que tem como finalidade viabilizar algumas situações para o bom desenvolvimento da educação. Com o apoio do FNDE muitos recursos são destinados a capitais e municípios para serem aplicados corretamente no que for de maior urgência.        Os recursos são repassados para atenderem progressivamente a carência dos municípios, escolas e alunos, especialmente nas grandes cidades nas quais se verifica um maior número de evasão escolar e analfabetismo, associado à grande vulnerabilidade e distorção social.
Uma sugestão apoiada em nosso município é oferecer oportunidade da criança participar de projetos alternativos trazendo  a ideia de tornar as escolas públicas de educação básica espaços alternativos para o desenvolvimento de atividades complementares ás ações educacionais, nos períodos contrários que o aluno estuda, melhorando a qualidade da educação, contribuindo para a construção de uma cultura de paz, reduzindo os índices de violência e aumentando as oportunidades de emprego aos jovens, sobretudo aqueles em situação de vulnerabilidade social. Oficinas e atividades de lazer, esporte, educação e cultura serão oferecidos aos alunos e a comunidade, transformando a escola em ambiente aberto a criatividade, ao convívio pacífico e à aprendizagem permeada pelas práticas culturais e esportivas.
Este ideia seria em nossa realidade escolar uma ótima opção para nossos alunos, assim o vandalismo e a violência que ocorrem podem reduzir  muito e preparar melhor o cidadão para vida. A escola é para a maioria dos alunos o lugar importante, onde vem para estudar, fazer amigos, aprender, brincar, ser alguém na vida, aprender coisas novas,  ter carinho e alimentação.
Trabalhando com os alunos atividades de integração, para que os mesmos acreditem que através da escola podem ter uma vida melhor do que os pais tiveram, e do esforço de cada um vai depender o futuro.
Pretendemos através do projeto que a escola consiga construir uma nova identidade dentro da comunidade e as famílias tenham perspectiva de um futuro melhor para os filhos através do trabalho que será realizado na instituição. Acreditamos que a escola os filhos podem tornar-se cidadãos mais comprometidos, responsáveis, críticos e com mais dignidade.
A educação é um meio pelo qual o homem se torna homem, convicto de seus sonhos, direitos, ideais e valores morais. A escola não é um depósito de pessoas sem alternativas. Mas é nela que formamos pessoas capazes de se reconhecerem como cidadãos, reconhecerem suas necessidades e assim elegerem suas prioridades com transparência, ética,  responsabilidade e cidadania.



CURSO: FORMAÇÃO PELA ESCOLA
      MÓDULOS: Competências Básicas
      TRABALHO FINAL
      Cursistas


      Identificar um problema educacional em sua comunidade e fazer uma análise crítica contextualizando-o e propondo possíveis caminhos para solucioná-lo.
PROFESSOR, É PRECISO SABER SEMPRE MAIS , PARA ENSINAR  MELHOR.


      INTRODUÇÃO


      Vivemos num momento histórico onde as maneiras de se perceber o mundo a nossa volta são abruptamente diversas das formas vivenciadas pelas gerações passadas e, certamente, daquelas da grande maioria dos professores que ministram aulas no presente.
      Assim, todas as mudanças ocorridas a partir desse novo cenário fizeram surgir muitas pressões sobre a Escola e sobre os profissionais que nela atuam, e, consequentemente, para o direcionamento das políticas educacionais.
      Por isso mesmo é primordial a capacitação profissional de todos os servidores ligados à Educação de nosso município, na busca por um Ensino adequado às mudanças, transformações e realidades presentes em nossa sociedade!
      Hoje, mais do que nunca se sabe que somente por meio da Educação é possível diminuir as desigualdades sociais, o que exige, portanto, que a Escola, com seus professores e demais funcionários, não seja mais vista apenas como um conjunto de partes desconexas, que atuam de forma isolada. Mas, muito pelo contrário, pois a Escola deve ser vivida como uma unidade complexa, um sistema dinâmico, um ambiente em constante interação com os agentes de mudanças locais, regionais, nacional e internacional, sempre usando e valorizando os valores e a cultura local.
      O presente trabalho tem como foco a formação, a especialização, a “capacitação e formação continuada” dos professores, pois considerando - se o processo de mudanças por que vem passando o mundo, e no caso, também nosso município, exige-se que o cidadão esteja constantemente revendo e  reformulando seus saberes, sua forma de agir, afinal o trabalho dos professores estará sempre refletindo a formação recebida hoje.
      “A LDB nº 9394/96 reforça a exigência para os cursos de formação que supram não só as deficiências resultantes do distanciamento entre o processo de formação docente e a sua atuação profissional, mas também a necessidade de preparar um professor bem afinado com as práticas pedagógicas voltadas para a construção do conhecimento de acordo com as exigências que se colocam no atual estágio do desenvolvimento da humanidade”.

PROPOSTA DE SOLUÇÃO:
    • Incentivar os professores a estudarem;
    • Promover debates, ao menos, no final de cada semestre com professores do município, onde possam discutir temas voltados à prática nas escolas municipais, bem como o andamento da alfabetização ou a avaliação escolar;
    • Que o Município use parte dos 40% do Fundeb, destinado a formação do professor em serviço, para gastos em formação, onde a prefeitura garanta aos cursitas  transporte e a inscrição, quando esses tiverem um custo para a formação;
    • Oferta de cursos de capacitação, pela Secretaria Municipal de Educação, na Semana Pedagógica, e no decorrer do ano letivo, aos profissionais de Educação das Escolas municipais para contribuir com a melhoria dos indicadores do Ensino local, servindo dessa maneira para a formação integral das crianças e adolescentes, proporcionando-lhes capacidade de enfrentar os desafios e as adversidades sociais da atualidade;
    • Promover cursos e debates para atualizações;
    • Realizar durante as capacitações a aplicação prioritariamente através de oficinas;
    • capacitação profissional de todos os servidores ligados à Educação de nosso município;
    • Investimento na continuidade dos estudos dos professores, na perspectiva do desenvolvimento profissional;
    • Habilitar os docentes atuantes nos níveis da educação básica (educação infantil, ensino fundamental e ensino médio) por meio de ensino a      distância (EAD), certificando-os.
CONCLUSÃO:
      Ao iniciarmos o curso Formação pela Escola – Competências Básicas; não imaginávamos o quanto íamos aprender e entender sobre os programas do FNDE, aprofundamos sobre diversos programas, lemos e pesquisamos bastante. Não fugindo à temática, nos interessamos muito pelo assunto de formação dos profissionais da área da educação. Os professores e suas associações insistem sobre a questão da valorização dos professores em termos financeiros, e não negamos isso é muito importante, principalmente no mundo onde a sociedade é tão materialista e consumista. Mas, há de fazer uma reflexão aqui, pois o professor , bem como todo profissional, tem que ir em busca de sua capacitação e formação adequada para exercer de forma competente sua profissão. No caso, a escola e o professor têm papel fundamental para a mudança em prol de uma sociedade mais justa, onde os cidadãos possam exercer e fazer valer seus deveres e direitos. Fala-se muito em educação de qualidade, inclusão, mas para isso é preciso que todos os envolvidos com a educação participem de estudos, seminários, etc.
            Os professores precisam exercer de forma eficiente sua prática pedagógica, que ela seja fundamentada em práticas de pesquisas, projetos, leituras e estudos que ampliem o saber e as possibilidades de construção de aprendizagem e ampliação de conhecimentos. “O professor capacitado é um elo fundamental para a formação de cidadãos conscientes do mundo e da sua formação acadêmica e pessoal.”

       E, para finalizar este trabalho, podemos afirmar que passamos a entender melhor, a necessidade que temos, em conhecer melhor, sobre os programas do governo, sobre a educação e tudo que envolve o futuro da nação.

Sem comentários:

Enviar um comentário