terça-feira, 30 de julho de 2013

CONTROLE SOCIAL - CONSELHEIRO

ATIVIDADE 01
a) Manutenção; estados; médio; infantil; fundamental.
b) fiscalização; Tribunais; Ministério; Controladoria.
c) gestão; Executivo; Secretaria; conta; Brasil.
d) despesas; financeiros; exclusivamente; eletrônico.
e) contas; quinze; prazo; rendimentos; Fundo.
f) Tribunais; prestação; penalidades; irregularidades.
g) Complementação; Judiciário; irregularidades; cidadãos.

ATIVIDADE 02
a) Não Financiáveis;
b) Financiáveis;
c) Financiáveis;
d) Não Financiáveis;
e) Financiáveis;
f) Não Financiáveis;
g) Financiáveis;
h) Não Financiáveis;
i) Financiáveis;
j) Não Financiáveis;
k) Não financiáveis;
l) (Não Financiáveis.

ATIVIDADE 03
  a) (V ); b) (V); c) (F); d) (F) ;e) (V); f ) ( V ); g) ( V ); h) (F); i) (F)

ATIVIDADE 04
  a) (3); b) (6); c) (7); d) (4); e) (8); f ) (1); g) (9); h) (5); i) (2).

ATIVIDADE 05
  a) (6); b) (4); c) (5); d) (8); e) (7); f ) (1); g) (2); e h. (3).

ATIVIDADE 06
a) pagamento; convênios; atendimento; relatórios; Executivo.
b) Executivo; documentos; aplicação; pagamento.
c) visitas; bens; parecer; contas; conselho.
d) Censo; dados; matrículas; distribuição.
e) orçamentária; programados; legislação; remuneração.
f ) relatórios; aplicação; extratos; Banco.
g) visitas, serviços; aplicação; utilidade.
h) financeiras; Fundeb; execução.
i) Vereadores; Legislativa; Contas; parecer.
j) educação; maioria; trinta; aplicação.

ATIVIDADE 07
1. Consed;
2. Ministério da Educação;
3. Presidente;
4. Ação fiscalizadora;
5. Poder executivo;
6. Formação plural;
7.Conselheiro;
8. Regimento interno;
9. Cadastramento;
 10. Parentes consanguíneos;
 11. Professores;
 12. Suplente;
 13. Estudante;
 14. Democracia;
 15. Pnate;
 16. Ubes.

ATIVIDADE 08
 b; d; g; h.

TIVIDADE 09
 E

ATIVIDADE 10
 c; e

 ATIVIDADE 11
  a) Atualmente não faço parte do conselho e nunca fiz parte.
  b) Não faço parte do conselho e nunca fiz parte.
  c) Tenho vontade de fazer parte do conselho para poder colocar em prática os conhecimento
aqui adquiridos e também contribuir com a construção de uma sociedade mais equânime.
  d) Atualmente o trabalho do conselho tem sido muito restrito a reuniões de estudo,
carecendo exercer mais as funções consultivas, propositiva, mobilizadora, deliberativa,
normativa e principalmente, a fiscalizadora. Cabe ao órgão garantir a gestão democrática da
educação e um ensino de qualidade no município.

ATIVIDADE 12
 a) descentralização; democrática; participativo.
 b) públicos; representativa.
c) opinião; aplicação.
d) objetivos; ação; prioridades.
e) descentralização; fiscalização; atribuição; escolar; controle.

ATIVIDADE 13
1. FNDE
2. Falta de livro didático
3. SISCORT
4. Reserva Técnica
5. Censo Escolar
6. Internet
7. Distribuição
8. Segundo Bimestre
9. Principal
10. Redução dos Custos
11. Inscrição
12. Consultar
13. Cadastrar
14. Professores
15. Escolha
16. Login e Senha
17 Livros Didáticos
18. Carta Azul
19. Controle Social
20. Remanejamentos

ATIVIDADE 14
  a) O bom funcionamento do programa depende da atuação de vários responsáveis. Cada
um tem de fazer a sua parte. O Governo Federal (por intermédio do FNDE) deve repassar
regularmente a verba da merenda; As entidades executoras, que podem ser prefeituras,
secretarias de educação dos estados ou do Distrito Federal e escolas federais, recebem o
dinheiro, compram os produtos da merenda e prestam contas ao Conselho de Alimentação
Escolar - CAE; As prefeituras são as entidades executoras dos recursos destinados aos alunos
de escolas da rede municipal, enquanto as secretarias de educação estaduais são as entidades
executoras dos recursos para atender aos alunos de escolas da rede estadual. As escolas
fornecem a merenda aos alunos; os alunos e pais de alunos devem informar ao CAE se houver
problemas no fornecimento ou na qualidade da merenda; e o CAE acompanha a aplicação
dos recursos, o fornecimento de merenda aos alunos, orienta sobre o armazenamento dos
alimentos e, ainda, analisa a prestação de contas da entidade executora.
 b) Composição do CAE: 1 representante do poder executivo; 2 representantes de entidades
de docentes, discentes e trabalhadores na área de educação; 2 representantes de pais de
alunos; e 2 representantes indicados por entidades civis organizadas. O exercício do mandato
de conselheiro do CAE é considerado serviço público relevante.

Sem comentários:

Enviar um comentário